5.6.16

Acessórios Funcionais para Treinar em Casa


        Algumas pessoas me pedem indicação de equipamentos baratos aqui no blog, mas infelizmente, não temos no Brasil esteiras e elípticos abaixo de R$ 2 mil, por exemplo, que sejam de qualidade e com características necessárias, na minha opinião, para realizar um treino confortável e seguro.

Mas isso não é desculpa para você não treinar! Hoje já existem diversos acessórios, que chamamos de acessórios funcionais, que permitem a realização de inúmeros exercícios. Aliás, mesmo que você tenha uma super esteira ou elíptico em casa, vale a pena complementar seus treinos com acessórios!

          Acessórios Funcionais

       Além dos tradicionais colchonetes e pesinhos, hoje existem muitos acessórios diferentes e multifuncionais para a realização de treinos completos, com enorme variação de exercícios e resultados muito eficientes, quando realizados corretamente.

    Como exemplo vou mostrar um extensor básico (existem vários modelos) e a fita de suspensão, porque estão entre os mais versáteis:

EXTENSOR FUNCIONAL


  
Agora dá uma olhada na amostra de exercícios que a Professora Thais Holiveira faz com ele:

 

 

 

FITA DE SUSPENSÃO
  Exemplos de exercícios:





       Legal né?! E o melhor é que você pode levar para qualquer lugar e fica definitivamente sem desculpas para não praticar o seu treino funcional!

          Mas lembre-se, para realizar esses exercícios é importante que você tenha orientação de um professor de educação física, pois se não fizer os exercícios corretamente, além de não atingir os resultados desejados, você pode se lesionar.


        Para um treino de cardio ou aeróbico, você pode utilizar uma corda de pular, um step ou mini trampolim (jump), por exemplo. Existem, inclusive, vários vídeos de aula por DVD, na internet ou aplicativos, que você pode usar para treinar em casa. Mas escolha um de fonte confiável e seja prudente ao se exercitar sozinho(a). Sempre que possível, peça orientação de um profissional!


         Ficou interessada(o) em mais detalhes desses exercícios pra fazer em casa? Deixe um comentário se você quer que a Prof Thais passe mais detalhes sobre esses e outros exercícios com acessórios e acompanhe as dicas dessa treinadora super alto astral no Instagram @thais.holiveira!

        Os acessórios das fotos são das lojas Casa do Fitness, disponíveis online no www.defitness.com.br .


Espero que tenham gostado da sugestão de treinar com acessórios em casa! Qualquer dúvida, comente aqui, no facebook.com/estarbemmelhor ou no Instagram @estarbemmelhor!


20.1.16

Qual o melhor equipamento cardio? Remo a base de água!


          Estou apaixonada pelo meu novo equipamento. Por isso, resolvi dividir todos os detalhes, com quem procura um equipamento para treinar em casa e não sabe bem qual a melhor opção, esteira, bicicleta, elíptico... ou remo!


           Remo

          Você sabia que o remo é considerado um dos esportes mais completos do mundo?! Segundo a Revista Forbes, o praticante de remo, alcança alto desenvolvimento cardiorrespiratório, atingindo VO2 máximo acima da média (capacidade de absorção de oxigênio), proporciona alta queima de gordura (cerca de 600 a 1200 calorias/hora), ganho de massa muscular, trabalhando 85% dos músculos do corpo, além de aumentar a flexibilidade e auxiliar na postura. Tudo isso com segurança, pois não tem impacto!

          Mas por que poucos praticam remo?

          Em primeiro lugar por uma questão de cultura, em alguns locais, como no Espírito Santo, a prática do remo na água é bastante difundida. Já nas academias, o remo não tinha muito sucesso, até pouco tempo, pois os modelos indoors disponíveis no mercado, eram apenas remos secos, ou simuladores com carga, cabos ou correntes, que geram movimento com tranco, pouco confortável e muitas vezes inseguro, pois se o usuário coloca uma carga maior do que aguenta, no movimento que utiliza 85% dos músculos para se exercitar, o risco de lesão é significativo. Resumindo, o remo não agradava a maioria das pessoas, mas isso tem mudado bastante com os novos simuladores de remo a base de água.

Remo a base de água

Ao surgir no mercado um remo a base de água, com fita ao invés de cabo, movimento suave, seguro e extremamente confortável, a aceitação do remo indoor mudou completamente. Aos poucos o novo modelo, que foi criado por John Dukee, remador profissional, em conjunto com a Universidade de Yale, e lançado por sua então fundada empresa, WaterRower Inc, há 27 anos nos EUA, foi conquistando a todos que experimentavam e rapidamente se difundiu pelo país. Atualmente o Water Rower já está em diversos países, conquistando o mundo todo, inclusive o Brasil.

Porque o remo indoor é o melhor equipamento para ter em casa?

Bom, se você experimentar o remo a base de água, particularmente o Water Rower, que na minha opinião é o melhor deles, vai entender rapidamente, mas claro, vou passar aqui todos os benefícios que encontrei nesse equipamento.

·        Exercício completo que trabalha todos os grupos musculares.
·        Alta queima calórica sem a necessidade de praticar treinos longos (20 a 25 minutos de remo já é um ótimo exercício).
·        Movimento agradável, suave, sem impacto, sem tranco e ao mesmo tempo progressivo, permitindo que você evolua sempre, tanto em velocidade quanto em força.
·        Sem limite de carga, pois a resistência é proporcional a força exercida pelo usuário, quanto mais forte puxar o remo, maior a resistência da água, ou seja, pode ser usado por uma criança ou pela pessoa mais forte do mundo, que a carga será proporcional e infinitamente progressiva.
·        Barulhinho de água!
·        Equipamento bonito, fácil e prático de guardar (dá para guardar em pé).
·        Não tem manutenção, apenas limpeza e a troca da água.

É apaixonante mesmo, muito mais agradável que uma esteira ou qualquer outro equipamento que já experimentei.


 Curiosidades

·        O remo Water Rower aparece no seriado House of Cards, do Netflix. Kevin Space, que interpreta o presidente Frank Underwood, ganha o remo de sua esposa e pratica não só nas cenas do seriado, como em seus treinos na vida real.
·        O Water Rower é fabricado com madeira maciça reflorestada e suportaria um usuário de até 500kg!
·        O remo Water Rower também é utilizado no treino V8LT, que é baseado no método HIIT (High Intensity Interval Training/ Treino Intervalado de Alta Intensidade). Um treino de 24 minutos, motivante e super eficiente, pois une todos os benefícios do remo com exercícios funcionais e as vantagens do HIIT, que é o que há de mais moderno em treinamento físico hoje.
         

É isso... tenho usado muito meu remo e praticado o V8LT. Pela primeira vez me sinto realmente motivada a treinar com frequência, além de estar feliz com os resultados. Espero que as informações sejam úteis para vocês, qualquer dúvida, comente aqui, no facebook.com/estarbemmelhor ou no Instagram @estarbemmelhor!


29.11.15

Moqueca Light com Farofa de Coco


         Domingo de "banquete" saudável aqui em casa! Fiz duas receitas inéditas que amamos! A moqueca foi inspirada no Master Chef Jr, mas fiz mais simples e mais light. A farofa é uma receita da Lactose Não, para aproveitar o resíduo que sobra do leite de coco. Surpreendente, fica sensacional!!



                   
Moqueca Light (2 pessoas bem servido)
Comprei no Pão de Açúcar
4 Postas de peixe (usei cação, mas pode ser outro peixe que não desmanche fácil)
2 Cebolas médias em rodelas grossas
2 Tomates em rodelas grosssas
1 Leite de coco saudável (foto)
Cúrcuma/Açafrão da terra
Sal rosa
Azeite
Salsinha e cebolinha

Preparo
Comecei lavando e temperando o peixe com 1/2 limão e um pouquinho de sal pra deixar descansar um pouco. Em uma panela de boca larga aqueci o azeite, coloquei metade das cebolas com uma pitada de cúrcuma, depois de levemente frito acrescentei metade das rodelas de tomate por cima, um fio de azeite e sal, depois as postas de peixe, outra camada de cebola, outra de tomate e mais um fio de azeite e sal. Tampei e aqueci um pouco de água com cúrcuma. Acrescentei a água (aprox 1/3 xíc) e deixei cozinhar tampado. Ao final (aprox 20 min) provei o sal, acrescentei o leite de coco e depois de desligado, finalizei com a salsinha e cebolinha por cima. Fácil, né?!



PS: A cúrcuma além de super funcional, com poder antioxidante e termogênico, da a cor amarelada do dendê que não usei pra ficar mais light.  

Farofa de Coco
1 xíc de resíduo do leite de coco
1 xíc de cenoura ralada (ralo grosso)
1/2 cebola picada
Azeite, sal rosa e salsinha a gosto

Preparo
Frite a cebola no azeite, acrescente o resíduo de coco (residuo úmido que você pode guardar na geladeira quando fizer o leite), acrescente um pouco de sal e frite um pouco, acrescente a cenoura, mais um fio de azeite e sal e frite mais um pouco. Desligue, acrescente salsinha a gosto, misture e sirva. Fica muuuuito bom!!!




Servi os dois com arroz integral. Nós amamos, espero que gostem!!! Ah, a primeira foto foi antes de eu encher o prato de caldinho! Rss



12.10.15

Receitas com Abóbora - Hallowen is coming!


          A abóbora entrou na minha cozinha há poucos anos e não saiu mais! Além de muito nutritiva ela é super versátil e fácil de usar. Seguem algumas receitas!


         
“Risoto” de Abóbora com Quinua
Para 2 pessoas:
1/2 xic de quinua em grãos
1/ bandejinha de abóbora japonesa ou cabotiá (já compro descascada em pedaços)
Temperos

Cozinho a quinua com um pouquinho de azeite ou óleo de coco, em outra panela cozinho a abóbora no vapor, os 2 cozinham em no máx. 20 min. Coloco a abóbora junto com a quinua, amasso com garfo e acrescento um pouco de azeite extra virgem, sal rosa e cebola crua picadinha! Sim, a cebola crua dá um tchan especial, mas claro, é opcional, e você pode acrescentar outros temperos se quiser. Fácil, rápido, delicioso e super saudável! Experimente e depois me conte!



Pãozinho de Abóbora (o pãozinho de queijo fake #lacfree)
1 xíc de abóbora cozida e amassada (o da foto usei cabotiá, mas dá pra fazer com outra abóbora, batata doce, mandioca...)
½ xíc de polvilho doce
¼ xíc de polvilho azedo
1 cs de azeite ou óleo de coco
1 cs de água
Sal a gosto

Cozinhe a abóbora no vapor, amasse e deixe esfriar um pouco. Misture com os demais ingredientes. Fica parecendo massinha de modelar (se estiver grudando acrescente mais polvilho na mesma proporção da receita). Faça bolinhas (se tiver crianças, vão adorar ajudar) e leve ao forno pr[e aquecido por aprox.. 40 min em forno baixo. Coma quentinho e se por acaso sobrar, dá pra congelar!

Essa receita é da top The Veggie Voice




Bolinhas Protéicas de Abóbora
Essa receita copiei e adaptei de um site americano, Pumpkin Proteic Energy Bites. Pela foto parece algo tipo barrinhas de cereal, mais ficou macia, não crocante, por isso chamei de bolinhas rss.
1 xícara de aveia em flocos
1 xícara de purê de abóbora
1 a 2 scoops de proteína de baunilha (você pode substituir por 2 cs açúcar mascavo)
1 colher de sopa de canela
1/3 xíc de uva passas

Misture tudo e faça pequenas bolinhas (rende de 24-30). Asse em forno pré-aquecido, assadeira untada (usei ghee), por aprox. 30 min. Coma quente ou frio e se durar mais de 24hs, guarde na geladeira. Um finger food docinho de abóbora, inusitado e super gostoso!

Quer mais motivos para consumir abóbora?
A abóbora é rica em fibras, o que te deixa saciado(a) por mais tempo, possui beta caroteno, que é antioxidante e pode ajudar inclusive na prevenção do câncer. A estrela do Hallowen também contém alto índice de potássio, que entre outras coisas é excelente para a recuperação pós treino e ainda poucas calorias, apenas 49 por xícara*! É ou não é um super alimento?!

Aproveite os benefícios da abóbora!



5.4.15

Receitas Fáceis e Saudáveis


          Olá!!! Infelizmente não tenho tido tempo de postar aqui no blog, mas sempre que possível faço postagens no Facebook e Instagram! Por isso, fica aqui o meu convite para seguirem o Estar Bem Melhor e algumas das últimas receitas que postei por lá recentemente:
         
Nuggets de Linguado com Spaghetti de Abobrinha



Nuggets
Corte filés de linguado em pedaços, tempere com limão, um pouquinho de cebola e uma pitada de sal, depois passei em flocos de milho c um pouco de sal (comprei tipo cereal “Corn Flakes puro” e triturei um pouco no pulsar do liquidificador – 3 pulsadas é sufifiente). Depois é só levar ao forno pré aquecido e assar por 30 min virando na metade do tempo!

Spaghetti
O Spaghetti de Abobrinha fiz com um acessóriozinho simples comprado na Amazon. com (Spiral Slicer) e refoguei por alguns minutinhos com temperos e tequinho de água.

Homus de Beterraba



Receira da Bela Gil http://www.gnt.com.br/belacozinha. Fiz depois trocando a beterraba por couve pra ficar verdinho e ficou ótimo! O homus pode servir como aperitivo, mas a gente tem o hábito de comer no jantar mesmo, acompanhado de salada verde, saladinha de quinua e um pãozinho saudável! Além de ser uma delícia, o grão de bico é fonte de proteína, ótimo substituto pra carne.

Cookies de Banana com Aveia



1 ovo
1 banana
1 xíc farelo de aveia
1 col chá de óleo de coco
1 col de chá de agave
1 col de sopa de canela
1/4 xíc de uva passa (ou gotas de chocolate ou castanhas...)

Bata o ovo, misture a banana amassada, acrescente os demais ingredientes, misture bem e coloque em colheradas na assadeira com papel manteiga. Forno pré-aquecido por 15 min e pronto! Fica um cookie bem macio, mas aqui tb não deu tempo de esfriar rsss

Espero que gostem!!! Tem mais receitinha aqui no blog, no Facebook e no Instagram (@estarbemmelhor) !


10.5.14

Como Cuidar da Pele com Alimentação Saudável


O post de hoje foi escrito pela WSI Consultoria, que se ofereceu para nos dar dicas sobre alimentos que ajudam a ter uma pele saudável.

A WSI divulga o Programa Quality Care, que ajuda pessoas com psoríase a lidar com a doença. O programa é online e gratuito, achei interessante divulgar e também aproveitarmos as dicas, que são úteis para todos os tipos de problemas de pele e são dicas saudáveis para todos.


Por WSI Consultoria

Todos querem ter uma pele bonita e saudável, mas poucos sabem que os alimentos são bastante influenciadores deste resultado. Ter uma alimentação balanceada, além dos diversos benefícios que traz a saúde, é essencial para nutrição da pele, deixando-a mais hidratada e fortalecida. Existe uma série de alimentos naturais, ricos em nutrientes, que devem ser consumidos com freqüência para alcançar o bem estar de sua pele, são eles:


Fontes de vitamina A, C e E

Legumes e frutas de cores intensas, como manga, laranja, morango, abacate, abóbora, cenoura, brócolis, pimentões, e grãos no geral. Eles previnem o envelhecimento da pele, protegem contra danos de raios ultravioletas, aumentam a produção de colágeno e capacidade de cicatrização da pele.


Chás

O chá possui uma substância poderosa conhecida como EGCG que pode prevenir a acne, danos causados por exposição solar e inflamações de pele. São combatentes também de tumores e o cancro de pele. É recomendado de 4 a 6 copos por dia de chá verde, preto ou branco para que a substância possa agir como combatente. Recomenda-se substituir gradualmente o café pelo chá.




Peixe

Os peixes possuem a gordura ômega 3, que está ligada ao bom funcionamento do cérebro e estimula a concentração. Atum, arenque, salmão, truta, entre vários outros tipos de peixe são fontes de ômega 3, ela ajuda no não ressecamento da pele, aumentando sua consistência, assim como nos danos causados pela exposição prolongada ao sol, mantendo a pele mais brilhosa.





Todos estes alimentos, quando consumidos de forma balanceada, ajudam a ter uma pele mais lisa, livre de cravos e acnes, controlando a oleosidade e até mesmo no controle de doenças de pele, como a psoríase. Os alimentos também contribuem no bronzeado, para aqueles que querem ter uma coloração mais dourada, deve-se ingerir alimentos que possuem betacaroteno, como mamão papaia.


Espero que tenham gostado das dicas e que as informações ajudem a todos que buscam ter e manter uma pele saudável!



16.4.14

Qual a melhor esteira para comprar ?


         Está procurando uma esteira? Sabe como escolher? Esse post é para ajudar na escolha de uma boa esteira que realmente estimule a prática de caminhada e/ou corrida, que seja confortável e que dure, sem causar transtornos com manutenção.

         Tamanho

       Esse é o primeiro ponto importante, uma esteira precisa ter um mínimo de espaço para você caminhar confortavelmente e espaço com folga se você pretende correr.

      O mínimo para caminhada que eu recomendo, são 40 cm de largura x 1,20 m de comprimento de lona, para que você caminhe tranquilamente, sem precisar “desfilar” com um pé na frente do outro.

     Para correr o ideal é que a lona tenha pelo menos 50 cm de largura x 1,40 m de comprimento, assim você conseguirá correr com segurança, sem ter que se preocupar em não pisar nas laterais da esteira e também sem precisar correr colado ao painel.

   Se você procura um modelo pequeno por falta de espaço, considere que 10 cm a mais na largura, praticamente não faz diferença no espaço que a esteira vai ocupar, mas a diferença no seu exercício é enorme!

         Motor forte e silencioso

       Existem dois tipos de motores para esteira, motor de corrente alternada e motor de corrente contínua. O primeiro, teoricamente, é mais forte, pois não esquenta como o segundo, por isso, é indicado para esteiras de academias, onde o fluxo de uso dos equipamentos é intenso, muitas vezes sem intervalos. No entanto, o motor de corrente contínua é muito mais silencioso.

Para os dois tipos de motor, existe variação de potência e de qualidade na fabricação. Por exemplo, um motor de corrente contínua com 4.0HP pode ser compátivel com um motor de corrente alternada com 2.0HP de potência. O primeiro é mais silencioso e o segundo suporta o fluxo ininterrupto de uma academia.

Exemplo se esteira com motor de 4.0HP contínuo

Para se exercitar em casa, eu recomendo um motor de corrente contínua, por ser silencioso, pois você não vai usá-la o dia todo ininterruptamente. Em relação a potência, depende do peso dos usuários que vão usar e também da intensidade do exercício, pois a corrida exige uma força muito maior do motor que a caminhada. Se você tem até 80 kg, um BOM motor de 2.0 HP contínuo, é suficiente para uma caminhada, para pessoas mais pesadas ou que pretendem correr, recomendo um BOM motor com pelo menos 4.0HP de potência (contínuo). Já para pessoas com mais de 110/115Kg é importante um motor ainda mais forte.

Porque ressaltei que o motor tem que ser BOM? Porque existe uma variação enorme de qualidade de motores de esteira, não adianta ter 4.0 ou mais HPs se a qualidade do motor não for boa, e infelizmente existem muitas marcas fabricadas e vendidas no Brasil, algumas empresas muito grandes inclusive, com baixa qualidade, vide o site Reclame Aqui, que encontramos na data desse post 1.489 reclamações sobre esteiras (link aqui). Por isso, acima de tudo, é importante optar por empresas sérias, modelos com boa recomendação e com assistência técnica acessível.

Amortecimento

Esse é outro detalhe muito importante, não só para o conforto, mas para a preservação de joelhos, coluna e outros possíveis tipos de lesões por impacto.

Normalmente as esteiras possuem elastômeros, que são borrachinhas que ficam entre o deck (plataforma de madeira onde corre a lona/esteira) e a estrutura de metal da esteira. Esses elastômeros tem uma variação grande de altura, proporcionando maior ou menor absorção de impacto proporcionalmente, e você pode ver o tamanho desses elastômeros embaixo da esteira. Para caminhada leve, bons elastômeros são suficientes.

As esteiras maiores e melhores, costumam ter elastômeros diferenciados ou um segundo sistema de amortecimento. Para corrida, são ideais, até para pessoas que correm na rua, o treino na esteira com amortecimento é super recomendado para preservação do impacto.

Inclinação, programas e diferenciais

      A inclinação mecânica ou elétrica é bacana para intensificar e variar o exercício e até para ganhar condicionamento físico no início. Mas se optar por um modelo com inclinação, opte pela eletrônica, que você pode variar a inclinação durante o exercício. A inclinação mecânica não é nada prática e muito limitada.


       A variação de programas é bacana para não cair na monotonia, existem inclusive programas customizáveis, que você pode pegar por exemplo um programa de treino de corrida recomendado pra você e programar na sua esteira.

         O sistema de medir batimento cardíaco também é muito importante, opte por um modelo que tenha hand-grip (aquelas placas de metal que seguramos com as mãos), que tem aproximadamente 85% de precisão, ou um modelo com telemetria (que lê a frequência aferida por cintas transmissoras), que tem mais de 90% de precisão. Os demais sistemas que medem pelo dedo ou pela ponta da orelha, são muito imprecisos.


         Se vai ter sua esteira em casa, uma esteira dobrável é bem vinda, pois facilita na hora de limpar embaixo, é mais fácil para arrastar ou mudar de lugar e também pode ocupar menos espaço enquanto não estiver usando.

       Outro diferencial bacana são teclas rápidas que te poupam de apertar mil vezes os botões para ir para a velocidade desejada, por exemplo. Teclas laterais que são mais fáceis de alcançar durante o exercício também são interessantes, assim como porta garrafas e porta objetos para você poder apoiar seu celular ou Ipod. A barra frontal também é importante para quem ta começando ou pessoas mais velhas que se sentem mais seguras tendo onde apoiar as mãos.

         Para saber como cuidar bem da sua esteira, acesse o post Como cuidar da esteira e Como lubrificar sua esteira. Costumo dizer que esteira é como um carro, exige manutenção e revisão!

Espero que as informações sejam úteis! Se tiver alguma duvida deixe um comentário ou entre em contato através do estarbemmelhor@gmail.com.


      Se tiverem sugestões para novos posts, fiquem a vontade pra comentar também! Até a próxima!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...